Cloud computing é seguro

Cloud computing é seguroVocê ainda se lembra daquela época em que todos os arquivos ficavam armazenados no seu computador? Faz pouco tempo, mas para nós parece que passaram décadas desde que os dados deixaram de ocupar espaço no disco rígido e começaram a ser armazenados em servidores na nuvem. Falando em algo comum, a mudança vai desde guardar as fotos pessoais no Picasa até a usar o Dropbox para arquivos da empresa.

Armazenamento de dados na nuvem é um grande avanço de tecnologia que oferece uma infinidade de benefícios e recursos adicionais, mas alguns aspectos ainda geram insegurança para empresas adotarem cloud computing, particularmente no que diz respeito à segurança de dados.

O que é armazenamento em nuvem?

Nos meios tradicionais de armazenamento, os dados ficam no disco rígido dos computadores pessoais ou em servidores alocados na empresa. Em cloud computing, os dados são armazenados remotamente. Ou seja, os dados podem ser armazenados em um sistema remoto ou pedaços de informações serem armazenadas em uma variedade de sistemas remotos. Isso permite opções de armazenamento quase ilimitadas e o acesso aos dados pelos usuários é facilitado.

Cloud Computing oferece escalabilidade e facilidade de acesso, e estas são as duas maiores vantagens. Os usuários não estão limitados aos recursos disponíveis em seus sistemas de computação pessoal. Isto permite mais versatilidade, utilidade e uma expansão do que se é capaz de fazer com o seu sistema.

A facilidade de acesso à informação também é maior. Os dados armazenados na nuvem pode ser acessados praticamente a qualquer hora, em qualquer lugar. Na nuvem, os dados podem ser acessados do computador de casa, do notebook, smartphone, tablet, etc.

 

Meus dados estão seguros na nuvem?

A facilidade no acesso, que é uma vantagem para você, torna-se uma desvantagem quando os dados são acessados por alguém indevido. Provedores de cloud computing oferecem soluções seguras que são apoiadas por firewalls e criptografia. E os desenvolvedores sempre trabalham para evitar possíveis falhas nas interações virtuais entre sistemas de computação.

Embora existam riscos de segurança com cloud computing, todos os computadores são vulneráveis a hackers, vírus e outras questões. Há agora uma variedade de antivírus e outras ferramentas especializadas que são projetados para cortar brechas e proteger a informação pessoal nos servidores remotos.

Na Conferência RSA que ocorreu no começo deste ano, por exemplo, representantes da Microsoft e do Google afirmaram em um painel sobre segurança na nuvem, que o importante é confiar nos serviços prestados pelo fornecedor dos serviços em cloud computing, mas que é preciso parar de temer pela segurança e abraçar o futuro. A notícia sobre o painel está aqui, em inglês.

O Diretor de Segurança para o Google Apps Eran Feigenbaum descreveu três tipos de dados que a maioria das empresas produzem: dados públicos, dados confidenciais e dados secretos. Os dois primeiros, segundo ele, são aceitáveis para a nuvem, mas coisas como requisitos de sistema e infraestruturas públicas devem ser mantidas fora da nuvem, por enquanto.

Quer saber mais sobre segurança em cloud computing? Deixe um comentário.

Comentários (3)
Responder

Muito bem explicado para os leigos, mais nada de novo acrescentado sobre ferramentas de segurança… Poderiam descrever um pouco mais sobre as ferramentas de segurança…
Mesmo assim o artigo esta muito bom

    Responder

    Eder, obrigado pela sugestão. Vamos usá-la para escrever novos artigos.

Responder

Toca nova tecnologia gera desconfiança e seu uso precisa de amadurecimento dos processos de segurança .

Deixe um comentário

Comentar (obrigatório)

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Nome (obrigatório)
Email (obrigatório)