10 sinais de que você deve investir na nuvem

nuvem seguraNão faz muito tempo que apenas as grandes empresas tinham orçamento e recursos suficientes para implementar a integração da rede de toda a empresa. E também, apenas grandes empresas poderiam investir na compra de softwares.
Com cloud computing, empresas de todos os tamanhos podem ter as ferramentas necessárias para a gestão e o desenvolvimento do negócio. Mas como saber se é hora de investir em uma estratégia na nuvem? Confira os 10 sinais de que você deve investir na nuvem:

 

1. Seu TI está desatualizado ou você investe pouco na área

Algumas empresas já investem em outra tecnologia e por isso tem certa resistência em investir em serviços na nuvem. Mas se você estiver prestes a adquirir algo novo em TI, deveria levar a nuvem em consideração. A mudança para a nuvem pode ser gradual e feita por etapas, e essa é uma oportunidade de testar a tecnologia.

 

2. Você não é guru de TI

Vamos ser sinceros. No seu negócio, você gosta do que faz e é cansativo ter de se preocupar com TI. Serviços na nuvem permitem que você aproveite o máximo dos softwares, sem precisar cuidar do hardware (alimentação elétrica, refrigeração, administração local), que é deixado para especialistas da área e tudo isso por um plano mensal.

 

3. Sua empresa tem muito trabalho sazonal

Você fornece um serviço ou produto sazonais, e por isso recruta mão de obra temporária e, por isso, assinar um serviço na nuvem mensalmente pode ser muito mais vantajoso do que investir em sistemas tradicionais. Você compra as licenças de usuário apenas quando precisar, sem necessidade de investir em licenças de softwares, (vitalícias, podendo deixar sua infraestrutura muito mais escalonável).

 

4. Você perde tempo instalando (ou cuidando de) atualizações

Com os serviços em nuvem o software é sempre atualizado e, o melhor, o serviço é constantemente melhorado.

 

5. Você quer que sua equipe tenha mobilidade e flexibilidade

Os serviços na nuvem permitem que os funcionários trabalhem em equipe mesmo se estiverem atuando remotamente. Até mesmo o home office se torna mais efetivo nesse cenário.

 

6. Você quer seus funcionários satisfeitos

Os serviços na nuvem podem ser entregues também por meio de um navegador, ou seja, não importa se o funcionário usa computador desktop, notebooks, tablets ou smartphones, muito menos o sistema operacional. E esse é apenas um dos cenários possíveis. A única coisa necessária em cloud computing é o navegador de internet. Com isso, eles podem usar o que mais agradá-los e também o próprio dispositivo (BYOD). Nesse caso, só é preciso ter fortes políticas de segurança de dados.

 

7. Você quer aumento de produtividade

A sua equipe trabalha na rua e um tempo enorme é perdido quando eles estão no cliente ou em viagens, o que deixa de existir já que as informações estão na nuvem e basta ter wi-fi ou um serviço de dados móveis (3G ou 4G) para acessar os dados.

 

8. Você quer ser mais eficaz

É mais simples e mais econômico integrar os sistemas baseados em nuvem. Por que não integrar seu CRM (Customer Relationship Management – é um termo em inglês para Gestão do Relacionamento com o Cliente), com as suas contas de mídias sociais e carregar tudo automaticamente?

 

9. Segurança e backup dos dados é uma preocupação constante

Os serviços em nuvem são construídos com a segurança em mente e os sistemas de monitoração trabalham 24 horas por dia para prevenir violações de segurança, mesmo que você as desconheça.
O custo de gestão de uma boa política de backup pode ser bem oneroso para uma empresa manter localmente, sendo assim, a nuvem se mostra muito mais acessível e tão eficaz quanto localmente.

 

10. Sua empresa pode parar por uma falha no servidor ou hardware

Isso é impensável nos dias atuais, certo? Com os serviços na nuvem, se o computador travar, é só acessar o painel de administração e reiniciar o sistema operacional ou até mesmo o software a ser utilizado. Os servidores também não serão um problema, pois a escalabilidade fornecida pela computação em nuvem torna o crescimento computacional indefinido, ou seja, quanto mais você precisa, mais você tem. Tudo isso a um custo muito menor do que o ambiente Off-Line.

 

Essas mudanças e benefícios não são apenas para empresas. Segundo estimativas do maior instituto de pesquisa em tecnologia da informação do mundo, o Gartner Research, 36% de todos os dados pessoais estarão em cloud até 2016. O jornal Estado de Minas fez uma reportagem interessante a respeito, que você pode conferir aqui.

Sua empresa pensa em usar aplicações na nuvem, mas você ainda tem dúvidas a respeito? Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Comentar (obrigatório)

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Nome (obrigatório)
Email (obrigatório)